Top

Centrais de negócios, alternativa para os pequenos varejistas

Utilizando o enfoque de canais e redes, analisou‐se o surgimento das centrais de negócios, como alternativa para os pequenos varejistas, no que tange principalmente as operações de negociações e compras centralizadas, além de atividades de divulgação conjunta e promoções.

O maior motivo para a criação das centrais de negócios está ainda fortemente relacionado à necessidade de compras conjuntas, no intuito de aumentar escalas e reduzir os custos das mercadorias, sendo essa finalidade citada por 93% dos varejistas pesquisados pelo censo das centrais de negócio. Assim, constata‐se que a visão do varejista está muito vinculada a aspectos de comercialização e promoções.

Compradores

Mas o comprador na empresa varejista é um dos elementos principais para que esta obtenha bons resultados em suas operações. Com o aumento da competição, da dificuldade das empresas se livrarem da alta incidência da carga tributária e tendo que satisfazer consumidores cada vez mais exigentes e atentos, o profissional de compras necessita estar capacitado plenamente nas técnicas de gestão de estoques e compras para o varejo.

Não é mais possível para uma rede de varejo ou mesmo para uma grande loja única, gerir suas compras com base unicamente na experiência.

Pequenos e Médios Supermercados

Os pequenos e médios supermercados estão enfrentando a concorrência e as diversidades do mercado globalizado de forma empreendedora. Utilizando de alianças estratégicas formando redes de empresas, empresas essas que às vezes concorrem pelo mesmo mercado, superando as diferenças culturais e sobrepondo os interesses individuais, criam as Centrais de Negócios com um objetivo comum, desenvolver uma sustentabilidade de suas organizações em seus sistemas produtivos.

É necessário esforços redobrados para reparar uma escolha errada.

“No mundo corporativo, não fazer nada envolve riscos maiores do que  fazer.”

Posts Recentes
  • O planejamento financeiro é um dos primeiros passos para concretizar sua empresa, já que não é possível sobreviver sem dinheiro em caixa e investir em suas operações de crescimento. Muitos empreendedores iniciantes deixam o monitoramento das finanças em segundo plano,...

  • Nova versão dos leiautes da EFD-Reinf – versão 2.0 Foi publicado no Diário Oficial da União, de 11/03/2019, ATO DECLARATÓRIO EXECUTIVO COFIS Nº 10, DE 07 DE MARÇO DE 2019, que aprova a versão 2.0 dos leiautes dos arquivos que...

  • Muitos objetos utilizados no dia a dia não recebem a devida atenção quanto a limpeza e podem estar mais sujos que as solas dos seus sapatos. Os carrinhos de supermercados não estão fora dessa lista: segundo uma pesquisa da Coréia...

Sem comentários

Publicar um comentário


versão - outubro 2018