Top

Quais mudanças a EFD-Reinf ocasiona na rotina da sua empresa?

O desafio para entrar em conformidade com as novidades do SPED, como toda e qualquer mudança no setor empresarial, exige investimentos em conhecimento dos profissionais e na atualização dos sistemas de informação que os acessoram em suas atividades diárias.

 

Mesmo que o objetivo da EFD-Reinf seja simplificar a entrega das obrigações fiscais, a implantação de novos procedimentos vem acompanhada pelo aumento do volume de informações e, se os profissionais não estiverem devidamente preparados, a empresa pode ser acometida por erros e consequentemente receber penalizações e multas.

Como se organizar para a nova declaração?

Com o objetivo de simplificar e centralizar as informações, a EFD-Reinf abrange as retenções de alguns tributos de contribuições que não possuem relação com o trabalho, assim como informações sobre a receita bruta para a apuração das contribuições previdenciárias substituídas.

Já que o processamento dos eventos deve ser feito mensalmente, é preciso que os diferentes setores (financeiro, contabilidade, RH, etc.) estejam estruturados e alinhados para que não haja nenhum erro nas declarações, garantindo a coerência das informações. Isso requer uma mudança de cultura e procedimentos das empresas.

Também é vista com importância a relação entre prestador e tomador de serviços, pois ambos precisarão das informações para atender as obrigações da EFD-Reinf e entrar em conformidade.

Para interligá-los, os sistemas e ERPs devem estar atualizados com as exigências para que haja integração dos dados e seja mais fácil cumprir as demandas.

Deixar comentário.


versão - outubro 2018